CEFET-MG

PUC Minas realiza XV Simpósio do Instituto de Ciências Humanas “INCLUSÃO, PLURALISMO E CONHECIMENTO”

Terça-feira, 3 de outubro de 2017
A PUC Minas realizou entre os dias 26 e 28 de setembro, o XV Simpósio do Instituto de Ciências Humanas, no Campus Coração Eucarístico. Com o tema ICH mostra a sua cara – inclusão, pluralismo e conhecimento. O público-alvo são professores, graduandos, pós-graduandos e profissionais que trabalham com educação.A conferência de abertura, no dia 26, foi ministrada pela professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Lisandra Espíndula Moreira. Ela questionou o fato de existir uma Constituição que prevê a igualdade de direitos independentemente da sexualidade, raça, cor e idade, sendo que, na prática, não é isso que acontece. “Como esse documento nos diz que somos todos iguais e plenos de direitos se precisamos lutar, conquistar e comemoramos muitas vezes a elaboração e a aprovação de leis específicas para a garantia dos direitos das minorias? Podemos pensar em vários exemplos, como a Lei Maria da Penha, leis de inclusão de determinados conteúdos na educação e leis de cotas”.
Porém, destacou ela, a legislação, que busca a isonomia, na verdade produz efeitos de desigualdades quando se percebe que, na verdade, para se adequar àquela determinada lei, os critérios que são instituídos como neutros são voltados para determinados sujeitos que frequentaram determinada escola e que tiveram acesso a um tipo de educação diferenciada, a exemplo das cotas. Nesse caso, continuou a professora, “toda a desigualdade histórica que faz com que o sujeito se posicione de determinada forma no contexto social atual é descartada”.Para a professora, a noção de igualdade e diferença coloca os sujeitos num paradoxo. “Como saber se eu tenho que acessar uma lei enquanto igual a todo mundo ou a partir das minhas particularidades?”, questionou.

ichpuc

Outros assuntos envolvendo a temática central do evento também foram discutidos, como na mesa redonda “Conhecimento, Identidade e Interdisciplinaridade”, que contou com a participação da Profa. Dra. do CEFET-MG, Silvani Valentim. Participaram da discussão também nesta mesa os professores da PUC Minas, Milton do Nascimento, Teodoro Adriano Costa Zanardi e a acadêmica Miriam Cristina Macieira Catão, do curso de Pedagogia da PUC Minas. A mesa foi mediada pela Professora Lenise Maria Ribeiro Ortega, da PUC Minas.

Outras atividades como mostras, minicursos e oficinas também foram oferecidos. Acompanhe as notícias no site do evento: ICH PUC MINAS
(Informações: Comunicação PUC Minas e CGRID/CEFET-MG)